Inscrições

Curso de verão no Canadá aborda Direito do Consumidor

Começou nessa segunda-feira (4) o curso de verão Direito do Consumidor promovido pela Universidade de Quebec (UQUAM), em Montreal, no Canadá. Realizado em parceria com a Escola Nacional da Magistratura (ENM), da AMB, a capacitação conta com a participação de magistrados de diversos países e termina neste sábado (9 ).

O secretário-geral da ENM, Eladio Lecey, presidiu a mesa de abertura “Direito e Política da Proteção aos Consumidores em 2016”  ao lado dos conferencistas e professores universitários Thierry Bourgoigne, do Canadá, Cláudia Lima Marques, do Brasil, e Gilles Paisant, da França. “Iniciei abordando o associativismo como uma das formas de dinamismo Judiciário, descrevendo a recente pesquisa da AMB sobre os grandes litigantes, com levantamento sobre o litígio no Brasil e seus resultados”, afirmou.

Lecey falou ainda sobre a criação de centros de inteligência e monitoramento de demandas de massa apresentada pela AMB ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Ele expôs o movimento nacional da entidade “Não deixe o Judiciário Parar”, destacou as atividades da ENM e o  importante papel das escolas de magistratura na formação dos juízes.

Durante a capacitação, o secretário-geral da ENM participou também como conferencista na mesa que abordou o Dinamismo Judiciário e Proteção do Consumidor. Os juízes David Cameron, da Corte de Québec, e Verica Trstenjak, do Tribunal Civil da União Europeia, estiveram presentes nesse painel.

Internacionalizando diálogos

O objetivo do curso de verão Direito do Consumidor é sensibilizar os líderes para as expectativas e necessidades dos consumidores de mercados contemporâneos, além de incentivar a sociedade a dividir opiniões, experiências e práticas no âmbito da defesa do consumidor. “Estimular alunos, professores e profissionais a um maior comprometimento com o estudo do Direito do Consumidor e apoiar as iniciativas das instituições públicas e da sociedade civil nesse campo, também são o foco do curso”, pontuou Lecey.

Ao falar da importância da capacitação, o secretário-geral da ENM disse que “em um momento no qual os mercados de consumo se internacionalizam, tanto nas Américas como nos outros continentes, é indispensável uma abordagem transacional e comparada do Direito do Consumidor. A participação de pessoas integrantes de diferentes segmentos e oriundos de diversos países cria o ambiente ideal para o diálogo internacional”.

A ENM selecionou  os magistrados Clarissa Menezes (TJDFT), Felipe Forte (TJPR), Marília de Ávila Sampaio (TJDFT) e Vitor Manoel Sabino (TJBA) para participar da formação. Eles foram escolhidos por meio de sorteio.

Além de magistrados, participam do curso advogados, funcionários públicos, acadêmicos, pesquisadores e líderes de organizações de consumidores.

Inscrições para o curso de Direito Penal e Processual Penal são prorrogadas

Saiba Mais

Livro reúne palestras do seminário "Superior Tribunal de Justiça e Corte de Cassação Francesa: A Arbitragem na Visão Comparada"

Saiba Mais

Escola Nacional da Magistratura define programação de curso em San Diego

Saiba Mais

ENM lança Guia de Cursos 2019 em versão digital

Saiba Mais
Escola Nacional da Magistratura © 2018 | Todos Direitos Reservados
MENU