Inscrições

Marcelo Piragibe aborda em artigo como equilibrar influência e independência na formação judiciária

Como conduzir cursos e disciplinas de maneira isenta, sem que possa haver algum viés ideológico? Essa questão, comum a diversas áreas profissionais, também tem merecido atenção por parte das instituições formadoras da magistratura. O tema é tratado pelo diretor-presidente da Escola Nacional da Magistratura (ENM), da AMB, Marcelo Piragibe, no artigo “Equilíbrio entre influência e independência na formação Judiciária”, publicado pela Revista Amagis Jurídica nº 13, Volume II, editada pela Associação dos Magistrados Mineiros. O trabalho traz uma análise dos modelos de atualização e qualificação existentes, estilos de treinamento e de aprendizagem, bem como as normatizações internacionais sobre o assunto, além de sugestões de abordagens pedagógicas para a formação de magistrados. Leia aqui a íntegra do artigo.

Inscrições para o curso de Direito Penal e Processual Penal são prorrogadas

Saiba Mais

Livro reúne palestras do seminário "Superior Tribunal de Justiça e Corte de Cassação Francesa: A Arbitragem na Visão Comparada"

Saiba Mais

Escola Nacional da Magistratura define programação de curso em San Diego

Saiba Mais

ENM lança Guia de Cursos 2019 em versão digital

Saiba Mais
Escola Nacional da Magistratura © 2018 | Todos Direitos Reservados
MENU