Inscrições

Curso sobre mediação para magistrados é concluído após cinco dias de capacitação

Terminou nesta sexta-feira (18) o “Curso Básico de Mediação para Magistrados”, promovido pela Escola Nacional da Magistratura (ENM), da AMB.  A capacitação, que teve início nessa segunda-feira (14), reuniu mais de 30 pessoas na sede da associação, em Brasília.

Para o coordenador pedagógico da ENM, Caetano Levi, que também está à frente da capacitação, o resultado do curso foi extremamente positivo. “O Brasil tem boas leis, mas a dificuldade está em mudar a mentalidade. O curso traz a oportunidade para que os juízes tenham novas fronteiras e uma nova visão de como colaborar com a sociedade, sem as sequelas que uma demanda judicial deixa”, destacou. O magistrado lembrou que na mediação as próprias partes envolvidas são estimuladas a encontrar a solução para seus problemas.

Durante os cinco dias de curso, os participantes tiveram a oportunidade de aprofundar conhecimentos sobre o método da mediação de conflitos por meio de aulas expositivas, oficinas e mediações simuladas. Entre os temas estudados, destacam-se o panorama histórico dos métodos consensuais da solução de conflitos, além das áreas de utilização da mediação e a ética dos conciliadores e mediadores.

A juíza carioca Lisia Rodrigues disse que o nível dos cursos da ENM está muito alto. Sobre a capacitação, ela afirmou que gostou muito e já espera pelas próximas. “O curso deu uma ideia ótima do processo de mediação, como deve atuar o mediador e como é a mediação no Judiciário. Os instrutores foram excelentes e pretendo levar algumas práticas que aprendi aqui para o Rio”, ressaltou.

O curso foi ministrado pela juíza Eutália Maciel Coutinho e pelo analista jurídico do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) Umberto Suassuna Filho. “A grande procura pelo curso e o interesse demonstrado pelos magistrados me deixaram extremamente satisfeita. A mediação era um sonho de muitos deles. Poder exercer essa prática de forma a não prejudicar os seus serviços como julgadores, vão fazê-los dar ao curso uma confiança e compatibilizar a experiência adquirida com as atividades judicantes deles”, salientou Eutália.

Essa foi a primeira vez que o curso de mediação teve o credenciamento da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).

Clique aqui e veja todas as fotos do curso no Flickr.

Tatiana Castro Estagiária supervisionada pela Coordenadoria de Comunicação

ENM disponibiliza 15 vagas remanescentes para o curso Gestão Judicial

Saiba Mais

ENM sorteia vagas para o II Congresso Ibero-Americano sobre cooperação Judiciário Internacional

Saiba Mais

ENM disponibiliza vagas remanescentes para o curso na Universidade de Sapienza

Saiba Mais

ENM sorteará cinco vagas para o II Congresso Ibero-Americano sobre Cooperação Judiciária Internacional em Portugal

Saiba Mais
Escola Nacional da Magistratura © 2018 | Todos Direitos Reservados
MENU