Inscrições

ENM participa do XLVI Encontro do Copedem no Maranhão

O diretor-presidente da Escola Nacional da Magistratura (ENM), da AMB, Marcelo Piragibe, participou do XLVI Encontro do Colégio Permanente de Diretores de Escolas Estaduais da Magistratura (Copedem), realizado nos dias 16 e 17 de novembro, em São Luís (MA). Outro representante da Associação foi o desembargador Antônio Rulli Júnior, que é diretor da Secretaria de Relações Internacionais da AMB e presidente do Copedem. Com o tema "Conciliação e Mediação", o evento reuniu diretores das escolas judiciais estaduais de todo o País, além de representantes da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), para discutirem sobre a formação de conciliadores e mediadores no âmbito da Justiça estadual.

Para Marcelo Piragibe, “a reunião foi muito produtiva e contou com muitas escolas de magistrados e judiciais. Um tema importante tratado foi a questão do intercâmbio dos cursos entre as escolas estaduais, o que minimiza custos e aproveita a todos os juízes. Também abordamos os cursos a distância”.

Antônio Rulli Júnior destacou a relevância do encontro e da participação da ENM: “O Copedem é um momento ímpar para discussão de todos esses problemas da formação permanente de juízes. Embora interdisciplinar, é uma formação que se concentra em temas de Direito. Com isso, temos conseguido motivar os juízes a uma atuação melhor na carreira, e nesse sentido ressalto a importância da ENM participar e divulgar essas atuações do Colégio Permanente”.

Solenidade de abertura Ao abrir a 46ª edição do Encontro, no salão nobre do Palácio dos Leões, sede do Governo do Maranhão, Antônio Rulli falou sobre o papel das escolas judiciais e da magistratura na formação permanente dos conciliadores e mediadores que atuam no âmbito da Justiça estadual, destacando o novo cenário das composições autônomas de resolução de conflitos. “Esse evento é um espaço para propormos o desenvolvimento de projetos de mediação e conciliação que possibilitem o bom funcionamento do sistema de aproximação dos litigantes, por meio da capacitação constante dos agentes da conciliação e mediação”, frisou.

Obra histórica Na ocasião, Antônio Rulli apresentou o “Memorial de Ministros – Catálogo Alfabético dos Ministros de Letras”, lançado recentemente pelo Copedem em coedição com a Biblioteca Nacional de Portugal (BNP). A obra histórica dos monges Luís de São Bento e António Soares, com breves biografias de magistrados que atuaram no Brasil no período de 1544 a 1822, traz estudo e transcrição do professor Nuno Canarinha e apresentação do presidente do Copedem e diretor da AMB. Leia mais.

Homenagens Durante as atividades do XLVI Encontro, Antonio Rulli Júnior entregou a medalha Ministro Domingo Franciulli Netto aos desembargadores Cleones Carvalho Cunha, presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), e Paulo Sérgio Velten Pereira, diretor da Escola Superior da Magistratura do Maranhão (Esmam), pelos relevantes serviços prestados à formação de magistrados brasileiros.

*Com informações e fotos Ascom/TJMA

Secretário-geral da ENM preside audiência pública sobre transfusão de sangue no TJES

Saiba Mais

Curso de Direto e Internet é realizado em Vitória

Saiba Mais

STJ promove seminário sobre agronegócio

Saiba Mais

Ministro Herman Benjamin toma posse como diretor-geral da Enfam

Saiba Mais
Escola Nacional da Magistratura © 2018 | Todos Direitos Reservados
MENU