Inscrições

ENM/AMB promove exposição em parceria com Amaerj e CCMJ

A Escola Nacional de Magistrados (ENM), da AMB, em parceria com a Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj), convida a todos os associados, em especial aos do estado do Rio de Janeiro, para a visita mediada ao Centro Cultural do Poder Judiciário (CCMJ), que traz a exposição “Da Pedra ao Palácio - Um percurso interativo ao encontro da Justiça”.

Com a presença da Comissão de Direito e Arte da AMB, a mostra contará com o diretor presidente da ENM, Marcelo Piragibe; a presidente da Amaerj e vice-presidente Institucional da AMB, Renata Gil; a coordenadora do Núcleo de Museu Justiça e Memória da ENM e do curso, a desembargadora Cláudia Pires; o professor de Educação a Distância (EaD), da ENM, Walter Capanema; a diretora do CCMJ, Silvia Monte; e o professor André Senna.

O diretor presidente da ENM, Marcelo Piragibe afirmou que "o evento será filmado, editado, e repassado para todos os magistrados associados no site da ENM, e consiste na primeira amostra e parceira da Comissão de Justiça e Arte da ENM - de muitas que ocorrerão - com os museus de justiça do Brasil e do mundo".

A exposição

A visita, promovida pelo CCMJ e conduzida por arte-educadores, apresenta à população – de forma lúdica, dinâmica e interativa – a arquitetura, a história, as funções e algumas curiosidades dos antigos Palácios da Justiça do Rio de Janeiro (1926) e de Niterói (1920).

Lançado com sucesso em março de 2017 no Antigo Palácio da Justiça do Rio de Janeiro (APJ-Rio), o programa estreou em junho, no Antigo Palácio da Justiça de Niterói (APJ-Niterói) e tem recebido grupos de escolas públicas e particulares dos ensinos médio e superior, diversas ONGs, turmas do projeto Justiça Cidadã, e também turmas do projeto Juristur, da Amaerj.

Percurso

Durante o percurso são desenvolvidos temas em torno da Arte, Cultura, História, Memória, Educação, Justiça, Cidadania e Direito. De acordo com o grupo ou o objetivo de cada visita, temas específicos podem ser explorados, tais como: violência, racismo, violência contra a mulher, feminicídio, questões de gênero, bullying, linchamento virtual, drogas, sustentabilidade, adoção etc.

“Da Pedra ao Palácio”, portanto, propõe estimular a apreciação estética dos edifícios construídos no início do século XX para abrigar a Casa da Justiça, a partir da monumentalidade das suas arquiteturas e do simbolismo dos seus ornamentos; provocar a reflexão sobre a construção do Direito e a compreensão do vasto mundo da Justiça e da sua importância para a convivência pacífica na sociedade; cultivar o interesse por temas ligados à história e ao funcionamento do Poder Judiciário; fortalecer o diálogo da sociedade com temas atuais e relevantes para o exercício da cidadania; disseminar valores de Justiça contribuindo com a pacificação social; proporcionar ao visitante uma experiência lúdica num espaço histórico relevante da sua cidade, incentivando a sua participação na construção de uma sociedade mais fraterna, justa e pacificada.

Em 2017, “Da Pedra ao Palácio” recebeu 2876 participantes em 107 sessões realizadas.

ENM abre inscrições para o curso Ativismo Judicial

Saiba Mais

Inscrições para curso de Direitos Humanos podem ser feitas até 20 de julho

Saiba Mais

ENM sob nova gestão

Saiba Mais

ENM disponibiliza link para cadastro de docentes

Saiba Mais
Escola Nacional da Magistratura © 2018 | Todos Direitos Reservados
MENU