Inscrições

ENM, da AMB, completa 68 anos

A Escola Nacional da Magistratura (ENM), órgão vinculado à AMB, completa, em 24 de maio, 68 anos de sua fundação. Durante quase sete décadas, tem desempenhado o papel de orientadora geral de todo o sistema de formação, integrado pelas Escolas da Magistratura no País, 98 no total, além de ofertar cursos de especialização e aperfeiçoamento cultural, jurídico e humanístico no Brasil e no exterior para juízes e desembargadores.

Em 68 anos de funcionamento, a Escola realizou ações educacionais para milhares de participantes, entre magistrados e representantes das escolas de formação. As ações são referentes à formação inicial, continuada, de formadores, além de educação a distância (EaD). “A ENM/AMB vem atuando não só com viés acadêmico, avançando também na integração e confraternização entre centenas de magistrados que frequentam anualmente os seus cursos, sendo comum a referência feita por juízes de estados, segmentos e gerações diversos, de que grandes amizades e trocas permanentes de experiências tiveram início em cursos da ENM”, destacou o diretor-presidente da Escola, Sérgio Ricardo de Souza.

Segundo ele, a diretoria da ENM está trabalhando, com o apoio da direção da AMB e das demais Escolas de Magistratura, "para que essa experiência indispensável seja cada vez mais frutífera, possibilitando a manutenção do status de uma das Magistraturas mais bem preparadas do mundo, para os membros do Judiciário brasileiro”.

Para o presidente da AMB, Jayme de Oliveira, esses anos de atuação da ENM reforçam o papel relevante da instituição na formação dos magistrados. “A Escola tem desempenhado com excelência seu papel de projetar a Magistratura por meio da educação judicial. A cada dia nos aprimoramos e evoluímos, na intenção de melhorar a prestação jurisdicional para o cidadão brasileiro”, ressaltou o dirigente.

Presidentes Ao longo de sua história, a ENM foi dirigida por 13 diretores-presidentes. O primeiro a ocupar o cargo foi o magistrado Hamilton Moraes de Barros. Estiveram, ainda, à frente da ENM quatro ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e oito magistrados dos estados do Rio de Janeiro (2); São Paulo; Rio Grande do Sul (2); Santa Catarina; Paraná e Minas Gerais. Atualmente, o diretor-presidente é o juiz de direito Sérgio Ricardo de Souza (TJES).

ENM conclui curso de Gestão Judicial em Brasília

Saiba Mais

Prorrogadas as inscrições para Seminário sobre Direito Militar na Grécia

Saiba Mais

ENM promove curso sobre Sistema Concursal Brasileiro

Saiba Mais

AMB participa do III Encontro da Rede Nacional de Cooperação Judiciária

Saiba Mais
Escola Nacional da Magistratura © 2018 | Todos Direitos Reservados
MENU