Inscrições

ENM, da AMB, completa 68 anos

A Escola Nacional da Magistratura (ENM), órgão vinculado à AMB, completa, em 24 de maio, 68 anos de sua fundação. Durante quase sete décadas, tem desempenhado o papel de orientadora geral de todo o sistema de formação, integrado pelas Escolas da Magistratura no País, 98 no total, além de ofertar cursos de especialização e aperfeiçoamento cultural, jurídico e humanístico no Brasil e no exterior para juízes e desembargadores.

Em 68 anos de funcionamento, a Escola realizou ações educacionais para milhares de participantes, entre magistrados e representantes das escolas de formação. As ações são referentes à formação inicial, continuada, de formadores, além de educação a distância (EaD). “A ENM/AMB vem atuando não só com viés acadêmico, avançando também na integração e confraternização entre centenas de magistrados que frequentam anualmente os seus cursos, sendo comum a referência feita por juízes de estados, segmentos e gerações diversos, de que grandes amizades e trocas permanentes de experiências tiveram início em cursos da ENM”, destacou o diretor-presidente da Escola, Sérgio Ricardo de Souza.

Segundo ele, a diretoria da ENM está trabalhando, com o apoio da direção da AMB e das demais Escolas de Magistratura, "para que essa experiência indispensável seja cada vez mais frutífera, possibilitando a manutenção do status de uma das Magistraturas mais bem preparadas do mundo, para os membros do Judiciário brasileiro”.

Para o presidente da AMB, Jayme de Oliveira, esses anos de atuação da ENM reforçam o papel relevante da instituição na formação dos magistrados. “A Escola tem desempenhado com excelência seu papel de projetar a Magistratura por meio da educação judicial. A cada dia nos aprimoramos e evoluímos, na intenção de melhorar a prestação jurisdicional para o cidadão brasileiro”, ressaltou o dirigente.

Presidentes Ao longo de sua história, a ENM foi dirigida por 13 diretores-presidentes. O primeiro a ocupar o cargo foi o magistrado Hamilton Moraes de Barros. Estiveram, ainda, à frente da ENM quatro ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e oito magistrados dos estados do Rio de Janeiro (2); São Paulo; Rio Grande do Sul (2); Santa Catarina; Paraná e Minas Gerais. Atualmente, o diretor-presidente é o juiz de direito Sérgio Ricardo de Souza (TJES).

ENM conclui curso de Depoimento Especial no Espírito Santo

Saiba Mais

Inscrições abertas para o I Congresso Luso-Brasileiro de Direito da Empresa

Saiba Mais

Inscrições para o Congresso Jurídico "Leis Penais Extravagantes" terminam nesta sexta-feira (13)

Saiba Mais

Inscrições abertas para o curso Recuperação Judicial e Falência

Saiba Mais
Escola Nacional da Magistratura © 2018 | Todos Direitos Reservados
MENU